Home / Uncategorized / Inteligência Artificial (IA)

Inteligência Artificial (IA)

O que é inteligência artificial (IA)?

Inteligência artificial (IA) refere-se à simulação da inteligência humana em máquinas que são programadas para pensar como seres humanos e imitar suas ações. O termo também pode ser aplicado a qualquer máquina que exiba características associadas à mente humana, como aprendizado e solução de problemas.

A característica ideal da inteligência artificial é sua capacidade de racionalizar e executar ações com as melhores chances de atingir um objetivo específico.

Compreendendo a inteligência artificial

Quando muitas pessoas ouvem o termo inteligência artificial, a primeira coisa em que geralmente pensam é nos robôs. Isso porque filmes e romances de grande orçamento tecem histórias sobre máquinas humanas que causam estragos na Terra. Mas nada poderia estar mais longe da verdade.

A inteligência artificial é baseada no princípio de que a inteligência humana pode ser definida de uma maneira que uma máquina possa imitá-la facilmente e executar tarefas, das mais simples às mais complexas. Os objetivos da inteligência artificial incluem aprendizado, raciocínio e percepção.

À medida que a tecnologia avança, os benchmarks anteriores que definiram a inteligência artificial ficam desatualizados. Por exemplo, máquinas que calculam funções básicas ou reconhecem texto por meio do reconhecimento ideal de caracteres não são mais consideradas como incorporando inteligência artificial, uma vez que essa função agora é um dado adquirido como uma função inerente ao computador.

A IA está evoluindo continuamente para beneficiar muitas indústrias diferentes. As máquinas são conectadas usando uma abordagem interdisciplinar baseada em matemática, ciência da computação, linguística, psicologia e muito mais.

VEJA TAMBEM GBWHATSAPP EXTREME DOWNLOAD ATUALIZADO

Aplicações de Inteligência Artificial

Os pedidos de inteligência artificial são infinitos. A tecnologia pode ser aplicada a muitos setores e indústrias diferentes. A IA está sendo testada e usada no setor de saúde para dosar medicamentos e tratamentos diferentes em pacientes e para procedimentos cirúrgicos na sala de cirurgia.

Outros exemplos de máquinas com inteligência artificial incluem computadores que jogam xadrez e carros autônomos. Cada uma dessas máquinas deve pesar as conseqüências de qualquer ação que tomar, pois cada ação afetará o resultado final. No xadrez, o resultado final é ganhar o jogo. Para carros autônomos, o sistema de computador deve contabilizar todos os dados externos e calculá-los para agir de maneira a impedir uma colisão.

A inteligência artificial também possui aplicações no setor financeiro, onde é usada para detectar e sinalizar atividades bancárias e financeiras, como o uso incomum de cartão de débito e grandes depósitos em conta – todos os quais ajudam o departamento de fraude de um banco. Os aplicativos para IA também estão sendo usados ​​para ajudar a simplificar e facilitar a negociação. Isso é feito facilitando a estimativa da oferta, demanda e preço dos títulos.

Categorização da Inteligência Artificial

A inteligência artificial pode ser dividida em duas categorias diferentes: fraca e forte. A fraca inteligência artificial incorpora um sistema projetado para realizar um trabalho específico. Os sistemas de IA fracos incluem videogames, como o exemplo de xadrez de cima, e assistentes pessoais, como Alexa, da Amazon, e Siri, da Apple. Você faz uma pergunta ao assistente, que responde para você.

Sistemas fortes de inteligência artificial são sistemas que realizam tarefas consideradas humanas. Estes tendem a ser sistemas mais complexos e complicados. Eles são programados para lidar com situações nas quais podem ser necessários para resolver problemas sem que uma pessoa intervenha. Esses tipos de sistemas podem ser encontrados em aplicações como carros autônomos ou em salas de operações de hospitais.

Considerações Especiais

Desde o seu início, a inteligência artificial está sob escrutínio de cientistas e do público. Um tema comum é a idéia de que as máquinas se tornarão tão altamente desenvolvidas que os humanos não serão capazes de acompanhar e decolarão sozinhos, redesenhando-se a uma taxa exponencial.

Outra é que as máquinas podem invadir a privacidade das pessoas e até ser armadas. Outros argumentos debatem a ética da inteligência artificial e se sistemas inteligentes como robôs devem ser tratados com os mesmos direitos que os seres humanos.

Os carros autônomos têm sido bastante controversos, pois suas máquinas tendem a ser projetadas para o menor risco possível e o menor número de baixas. Se apresentassem um cenário de colisão com uma pessoa ou outra ao mesmo tempo, esses carros calculariam a opção que causaria o menor dano possível.

Outra questão controversa que muitas pessoas têm com a inteligência artificial é como isso pode afetar o emprego humano. Com muitos setores que procuram automatizar determinados trabalhos através do uso de máquinas inteligentes, existe a preocupação de que as pessoas sejam expulsas da força de trabalho. Carros autônomos podem remover a necessidade de táxis e programas de compartilhamento de carros, enquanto os fabricantes podem substituir facilmente o trabalho humano por máquinas, tornando as habilidades das pessoas mais obsoletas.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *